Menus
RssFacebook
Selecionar Menu

Postado Por em set 16, 2017 Categorias: Cidades, Correio V.P, Érico Cardoso, História, Meio ambiente, Paramirim, Religião, Vale do Paramirim | 0 Comentário

Conivência ou falta de competência política? PARAMIRIM – BAHIA , 139 ANOS !

Conivência ou falta de competência política? PARAMIRIM – BAHIA , 139 ANOS !

É motivo de comemorarmos, mas também de interrogarmos…

Zabumbão – Diante do seu potencial destacado, visível e comprovado, usamos da oportunidade para fazer alguns questionamentos:
– Por que o projeto do perímetro irrigado do Zabumbão, anunciado, necessário e prometido por décadas ainda não foi realizado ?
– Será que vamos ter que esperar mais quantos anos ?
– Será que vão se passar mais 139 anos para que um sonho da população se torne realidade?
– Será que vamos presenciar a guerra, também já anunciada, pela falta d’água ?
Onde, lamentavelmente, muitos Municípios Rio abaixo no Vale do Paramirim já estão com sede e lutam pela chegada da água.
– É por falta de competência do Governo do Estado que ainda não foi sanado o problema da crise hídrica de Boquira, Ibipitanga e demais Municípios ?
A solução é simples, mas temos a impressão que os governantes estão oferecendo dificuldades para depois venderem facilidades… Pois, é notório que com a construção da barragem do Rio da Caixa, no Município de Rio do Pires dará para abastecer os Municípios em questão.
– Será que falta somente vontade política ?
– Será que um sonho juntamente com a esperança de um povo, ordeiro e trabalhador, estão se transformando em pesadelo ?
Infelizmente, sem o projeto de irrigação, muitos estão deixando sua terra natal em busca de trabalho e uma vida melhor fora do Município e até em outros estados.
Pelo perímetro irrigado do Zabumbão; falta ação, falta preocupação, falta responsabilidade, falta também união do povão. Pois suas belezas naturais e históricas, muito pouco noticiadas, inclusive em projetos educativos e turísticos, no sentido de gerarmos conhecimentos aos nossos alunos, crianças e jovens, gerando renda para o Município.
Podemos citar também, como exemplo de geração de emprego e renda, locais de marcações rupestres no município, que deveriam ser ponto de aprendizagem prática pelos alunos, com visitas periódicas por classes e instituições do município e região.
Ainda nos resta uma esperança de que dias melhores virão e que Paramirim será o centro das atenções e referência regional de produção agrícola e renda para seus filhos e para quem aqui escolher como seu lugar para morar e prosperar com a família paramiriense

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *